Autor: Assessoria

Município encerra atividades do abrigo emergencial para moradores de rua contra a COVID-19

A Prefeitura de Mamanguape encerrou nesta segunda-feira (20), com a saída do último acolhido,  as atividades do serviço de acolhimento para moradores de rua no combate a COVID-19. A iniciativa, pioneira na região do Vale do Mamanguape, tornou o município um dos primeiros do estado a adotar providências para garantir a saúde e o bem-estar […]

20/07/2020 23h57 Atualizado há 3 anos atrás

A Prefeitura de Mamanguape encerrou nesta segunda-feira (20), com a saída do último acolhido,  as atividades do serviço de acolhimento para moradores de rua no combate a COVID-19. A iniciativa, pioneira na região do Vale do Mamanguape, tornou o município um dos primeiros do estado a adotar providências para garantir a saúde e o bem-estar de pessoas em estado de vulnerabilidade social.

O Abrigo Emergencial teve a sua estrutura montada na Creche Maria do Livramento e estava em funcionamento desde o dia 23 de março do corrente ano,  após deliberação do Comitê de Gestão de Crise.   Desde então, diversos órgãos do município  se uniram numa verdadeira força-tarefa para captar moradores nas ruas da cidade e oferecer diariamente abrigo, roupas, higiene, 3 (três) refeições e o acompanhamento de profissionais dos serviços social e de saúde da prefeitura.

Durante a estadia no serviço de acolhimento, os moradores de rua foram orientados sobre os problemas decorrentes da COVID-19, a necessidade de higienização e os cuidados necessários para aquele momento. O acolhimento não era compulsório e o local chegou a receber 11 (onze) pessoas em situação de rua, atuando paralelamente para reínseri-las  no seio de suas famílias e no convívio social.

O município  viabilizou para aqueles que aceitaram o auxílio emergencial e também os inseriu nos programas do aluguel social e de cesta básica, ofertados através da Secretaria Municipal de Assistência Social. Os demais assumiram a responsabilidade de sair ou foram realocados nas suas cidades de origem como João Pessoa e até em outros estados, a exemplos de Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Leia também
Prefeitura vai oferecer abrigo emergencial e cuidados para moradores de rua
Município segue captando moradores de rua e doações da população


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support