Secretaria de Saúde participa do Comando de Saúde Preventivo promovido pela PRF

Na manhã da última quinta-feira (23) a cidade de Mamanguape recebeu o Comando de Saúde Preventivo na Paraíba, realizado pela Polícia Rodoviária Federal. A ação está dentro das atividades do Maio Amarelo e tem como objetivo assegurar aos motoristas profissionais e condutores em geral orientações e cuidados com a saúde.

A iniciativa da PRF contou com as parcerias de vários atores, entre os quais a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba, Secretaria de Saúde de Mamanguape/PB, Secretaria de Saúde de Cabedelo/PB, Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (SEMOB), Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PB), DETRAN-PB, Polícia Militar da Paraíba – PMPB, Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba – CBPM e ONG ANDRAE.

O posto da PRF em Mamanguape foi o local escolhido para a realização das atividades e recebeu toda a estrutura, inclusive uma unidade móvel do órgão, para a realização de exames e a conscientização sobre as consequências da falta de atenção no trânsito. Os condutores que passavam pela BR-101 foram convidados a parar e realizar exames clínicos que identificam sinais e sintomas relacionados à saúde pessoal e à medicina de tráfego.

Nas tendas armadas no local foi possível realizar vários exames, entre os quais teste de glicemia, hipertensão, testes rápidos para diagnosticar doenças sexualmente transmissíveis. Os profissionais de saúde ainda ofertaram consultas clínicas, exames de vista e vacinação contra a hepatite b e o tétano. Além dos exames realizados, também foram promovidas orientações socioeducativas, por meio de palestras de educação para o trânsito e vacinação.

A prefeitura de Mamanguape, através da Secretaria de Saúde, participou ativamente com todo o apoio logístico e também com a disponibilização de profissionais de saúde como médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e pessoal de apoio. No total, foram realizados 51 atendimentos:

  • Aferição de PA
  • Glicemia
  • Avaliação nutricional
  • Testes rápidos (HIV, sífilis, Hepatite B e C)
  • Distribuição de preservativos
  • Vacinação
  • Palestras e atividades de educação no trânsito
  • Avaliação de hanseníase e tuberculose
  • Avaliação clínica
  • Realização de exames, como: Acuidade Auditiva, Acuidade Visual, Força Manual, entre outros.

O secretario de saúde, Antônio Neto, participou do evento e coordenou a equipe da secretaria, destacando que o objetivo maior da ação é atuar na prevenção. “A importância dessa ação reside sobretudo na conscientização dos profissionais do trânsito, que em sua maioria não tem tempo de buscar os serviços de saúde, nem de realizar exames de rotina”, disse Neto.

Os cuidados com a saúde desses profissionais, que em virtude das extensas jornadas de trabalho não realizam exames médicos periódicos, deve receber uma atenção especial. “Pela grande carga de trabalho e estresse, esses profissionais estão mais vulneráveis a ocorrência de um mal súbito que pode provocar graves acidentes graves nas rodovias, algo que pode ser evitado com exames básicos para detectar problemas de saúde.

COMPARTILHAR