Secretaria de Agricultura agradece voto de aplauso proposto pelo deputado Ricardo Barbosa

A Secretaria de Agricultura de Mamanguape vive um momento inédito em sua história e assume um protagonismo na sua atuação. Desde o início da atual gestão, o órgão tem se tornado um grande parceiro do homem do campo e trabalhado políticas públicas que beneficiam diretamente a população.

Uma das muitas iniciativas da secretaria de agricultura, a 1ª Semana da Agricultura de Mamanguape, recebeu no último mês de agosto voto de aplauso da Assembleia Legislativa da Paraíba. O voto foi uma propositura do deputado estadual Ricardo Barbosa, em reconhecimento a realização do evento e aos serviços prestados pela secretaria.

Na última sexta-feira (20), a secretaria comandada pela engenheira agrônoma Silvia Miranda e pelo adjunto e também engenheiro agrônomo Whalamys Lourenço, publicou nota agradecendo ao deputado estadual Ricardo Barbosa pela proposição aprovada de Voto de Aplausos. Além do agradecimento, a nota destacou alguns serviços ofertados durante a 1ª Semana da Agricultura, entre os quais estão qualificações em diversos setores agrícolas e a entrega da Feira do Agricultor Familiar.

A equipe da Secretaria de Agricultura é formada por técnicos na área e que trabalham em sintonia com a gestão municipal na busca de investimentos para o setor.

Algumas ações já realizadas pela Secretaria de Agricultura

  1. Cadastro Ambiental Rural (mais de 700 propriedades rurais georreferenciadas);
  2. ITR (Entrega da declaração totalmente gratuita para os pequenos produtores rurais);
  3. Implantação da Feira da agricultura familiar;
  4. Disponibilização de três tratores (pela primeira vez) para corte de terra e assistência com técnicos especializados em campo;
  5. Capacitações em diversas áreas do setor agrícola (avicultura, piscicultura, saúde do homem do campo, cuidados com o uso de agrotóxicos, controle biológico de pragas e produção de cana-de-açúcar);
  6. Qualificação dos produtores familiares para transição da produção convencional para a agroecológica;
  7. Regularização de 8 (oito) associações rurais;
  8. Colaboração na vacinação contra a febre aftosa e raiva de bovinos e bubalinos;
  9. Implantação do Programa de Capacitação em Meio Ambiente e Agricultura (palestras educativas nas escolas sobre meio ambiente e capacitações diversas na área de produção orgânica de vegetais);
  10. Gestão de alta qualidade no matadouro público, com manutenção, fiscalização e aquisição de equipamentos;
  11. Assistência técnica especializada na projeção de ideias para órgãos de fomento para execução de projetos.
COMPARTILHAR