Autor: Comunicação

Prefeitura de Mamanguape participa de reunião na 3ª CIBM e apresenta Plano de Contingência do município 2023/2024

A reunião foi marcada pela comandante da 3ª CIBM, capitã Bruna Carneiro, e teve como intuito mostrar responsabilidade de cada órgão nas ações elencadas no plano de contingência.

07/06/2023 22h10 Atualizado há 12 meses atrás

A 3ª CIBM, sediada na cidade de Mamanguape, realizou nesta quarta-feira (7) mais uma reunião com membros da gestão municipal para apresentação do Plano de Contingência do município para períodos de chuvas em 2023/2024. Agendada pelo comando da 3ª CIBM,  a pauta teve como intuito discutir a responsabilidade de cada órgão nas ações elencadas no plano de contingência.

Participaram do encontro a prefeita Eunice Pessoa e os secretários de Defesa Civil (Alex Figueiredo), Meio Ambiente (Gibram Feitosa), Educação (Max Lopes), Chefia de Gabinete (Edna Gonçalves)  e a superintendente da SMTT (Fátima Laurindo), além de representação das Secretarias de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Saúde, Assistência Social e da Guarda Civil Metropolitana.

A prefeita Eunice falou da necessidade de trabalhar com medidas preventivas, haja vista a proximidade do período chuvoso no município. “Eu ainda sou do tempo da máxima de que prevenir é melhor que remediar, embora não seja possível evitar a ocorrência de desastres naturais, é muito importante estarmos preparados para lidar com eles”, disse a prefeita.

O secretário de Defesa Civil, Alex Figueiredo, destacou a parceria com as outras secretarias e, principalmente, com o Corpo de Bombeiros. “A parceria com a 3ª CIBM tem sido fundamental para a construção do nosso plano de contingência, fazendo com que o município saia na frente e hoje esteja pronto para enfrentar qualquer adversidade que venha surgir em decorrência das chuvas”, disse Alex.

A comandante da 3ª CIBM, capitã Bruna falou sobre o trabalho que o Corpo de Bombeiros vem realizando para implementação de medidas preventivas na cidade e região. “O trabalho de prevenção é de suma importância e nessa ação de defesa civil a gente vem trabalhando junto com as secretarias dos municípios do Vale do Mamanguape no desenvolvimento do plano, procurando saber quais são as áreas de risco, dentre tantas outras frentes”.s

A sub-comandante capitã Jinarla descreveu a importância do plano e o que ele representa quando surge uma emergência. “Na hora de um desastre de um desastre, coisas simples como um plano de chamada, saber quem vai acionar, quais recursos materiais, qual é a equipe que vai tá de prontidão, que vai tá atuando naquele momento, são itens essenciais”.


Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.