Prefeita Eunice Pessoa faz prestação de contas do combate à COVID-19

A prefeita Eunice Pessoa concedeu entrevista na manhã desta segunda-feira (15) a Rádio Correio do Vale FM para falar das medidas adotadas até o momento pelo município no combate à COVID-19. Em sua companhia estavam as secretárias Daniele Rodrigues (Finanças) e Edna Gonçalves (Gabinete), pelo coordenador de comunicação Alex Figueiredo e pelo vereador Dr. Zenóbio.

Logo no início, ela agradeceu o empenho de toda a equipe que está na linha de frente, em especial do Comitê Gestor de Crise, e também do trabalho que tem sido desenvolvido diuturnamente ao lado de seus auxiliares para conter o avanço do coronavírus em Mamanguape. “Gostaria de parabenizar e agradecer a todas as equipes que estão na linha de frente contra a COVID-19, a todos os profissionais que fazem a Prefeitura de Mamanguape, muito obrigada pelo empenho de todos vocês”, disse a Eunice.

Desde o surgimento dos primeiros casos, o município tem sido referência nas ações de combate ao Coronavírus, através da publicação de decretos com medidas como a suspensão das aulas, feiras livres, restrições para abertura de estabelecimentos comerciais e antecipação de feriados. Sobre a divulgação de resultados divergentes para COVID-19, a prefeita explicou que não é interesse do município noticiar que uma pessoa está doente sem que seja verdade, afirmando que as variáveis na realização dos testes pode gerar resultado diferentes, mas jamais um falso positivo.

Acerca dos valores repassados pelo Ministério da Saúde e que têm sido usados politicamente por algumas pessoas, a prefeita informou que até o momento o município recebeu apenas R$492.000,00 (quatrocentos e noventa e dois mil reais), sendo que gastou apenas com os testes que adquiriu R$489.000,00 (quatrocentos e oitenta e nove mil reais).

A instalação do Centro de Testagem, inicialmente na Escola Adailton Coelho Costa, com testes enviados pelo Governo do Estado, para testar profissionais de segurança, saúde e depois para testar pessoas de cidades do Vale foi pioneira na região. Agora, para realizar os testes na Escola Técnica Estadual, o município comprou 3.375 (três mil, trezentos e setenta e cinco) testes de alta qualidade, 100% norte-americanos, de uma das marcas mais confiáveis de mundo, no valor de R$489.375,00 (quatrocentos e oitenta e nove mil, trezentos e setenta e cinco reais).

No balanço das ações realizadas pelo município, a prefeita destacou ainda:
– A instalação de barreiras sanitárias, sendo a primeira no Vale; 
– Aquisição de lavatórios colocados em pontos de grande fluxo de pessoas;  
– Sanitização dos prédios públicos (PSF, Paço Municipal e Secretaria de Saúde)
Desinfecção  de espaços públicos com maior fluxo de pessoas; 
– Estruturação das filas de bancos/correspondentes, com distribuição de material de proteção;
– Criação do aplicativo Atende em Casa, para atendimento e monitoramento por profissionais de saúde;  
– Distribuição de insumos (álcool em gel 70%, 15 mil máscaras, folders informativos), para comércio, distrito mecânico e nas feiras do centro, agricultura familiar, Pitanga da Estrada e Areal; 
– Entrega de equipamentos de proteção para várias categorias de funcionários que estão em serviço durante à pandemia; 
– Disponibilização de local adequado para receber pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social.

A prefeita lembrou que através da Secretaria de Assistência Social, desde o início de 2017, a prefeitura distribui semanalmente cestas básica para 70 famílias do município. Por isso, além das ações de prevenção, ela destacou ainda as ações de segurança alimentar
– Entrega, em parceria com o governo do Estado, de 3.500 quilos de alimentos (inhame, batata, abacaxi e mamão), para os catadores de recicláveis, comunidade do Facão e Curralinho; 
– Entrega de Kits de Merenda Escolar para famílias de 3.500 alunos da rede municipal; 
– Distribuição de 13 (treze) toneladas de alimentos do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) da CONAB para 900 (novecentas) famílias.

Barreiras sanitárias

A prefeita anunciou que novas medidas já estão em estudo pelo município e que em breve serão implementadas novas ações, entre as quais
– Criação de equipe exclusiva, formada por médicos e enfermeiros para atendimento domiciliar a pessoas que estão em monitoramento, que farão o acompanhamento dos pacientes com comorbidades e sintomáticos respiratórios; 
– Instituição de protocolo médico unificado para atendimento dos pacientes;
– Disponibilização de medicamentos para tratamento de sintomáticos gripais e para o tratamento da COVID-19;
– Sanção da Lei do Consignado para os funcionários do município que possuem empréstimos bancários; 
– Sanção da Lei que suspende a cobrança de juros de mora e multa moratória dos tributos municipais vencidos a partir da decretação do estado de emergência; 
– Novas distribuições de kits educativos e protetores (panfletos, máscaras artesanais e álcool 70%).

No encerramento da entrevista, a prefeita Eunice se solidarizou com as famílias atingidas pela COVID-19 e reforçou o desejo de continuar trabalhando pelo município. “Quero aqui me solidarizar com as famílias que perderam entes queridos para a COVID-19, desejo força a todos. Seguimos firmes no combate porque um vírus nunca será maior do que a nossa vontade de trabalhar por mamanguape”, encerrou a prefeita.

COMPARTILHAR