Prefeita Eunice Pessoa entrega portarias ao secretariado e pede a integração de todos para o segundo mandato

Em ato simbólico realizado na tarde desta quarta-feira (27) no Centro Cultural Fênix, a prefeita de Mamanguape, Eunice Pessoa, fez a entrega das portarias aos seus secretários, secretárias e adjuntos para o mandato 2021/2024. O Objetivo foi passar as diretrizes da gestão para os próximos 4 (quatro) anos aos antigos e novos membros da administração municipal.

O vice-prefeito, Zenóbio Rodrigues, destacou o trabalho que foi realizado nos últimos anos, “em ritmo acelerado”, como um resultado com benefícios para a população. Para Zenóbio, a responsabilidade só aumenta para este novo mandato, “estarei lado a lado com a prefeita Eunice, para fazermos um mandato ainda mais forte, justificando a responsabilidade que nos foi dada”, disse o vice-prefeito.

Na busca pela melhoria da gestão, pautada na ampliação da prestação de serviços à população, a prefeita Eunice disse que trabalhará para a criação da Secretaria de Recursos Hídricos, visto que o município tem uma grande demanda por parte da gestão para o abastecimento d’água em poços e carros pipas, e que também fará o desmembramento do órgão de Cultura, hoje ligado à pasta da Educação.

Por ser integrada à Educação, a Cultura não recebe recursos em rubrica própria que possam ser destinados para fortalecer o setor, impedindo o seu crescimento no município. Outra pasta a ser criada será o Gabinete Institucional do vice-prefeito, pois para a prefeita, a criação do gabinete do vice vai reverter a institucionalização em forma de serviços para a população.

A prefeita Eunice Pessoa agradeceu aos seus colaboradores pelo empenho nos primeiros 4 anos de gestão e lembrou da revolução administrativa que ocorreu no município. “Vejam a revolução que nós fizemos nesta cidade, todos abraçaram o slogan da cidade do trabalho e as coisas fluíram, mas não fiz nada sozinha e sim com a ajuda de vocês”, disse a prefeita.

Eunice conclamou a todos a continuarem com o mesmo empenho, agindo com a mesma determinação que fizeram quando o início do mandato anterior. “Eu acreditava que quando um gestor se elegia era como se fosse uma continuação, porém muita coisa muda e por isso devemos nos esforçar ainda mais”, encerrou a prefeita.

COMPARTILHAR