Prefeita Eunice determina implantação de insalubridade e revisão na Lei de Incentivo de ACS’s e ACE’s

A prefeita Eunice Pessoa participou nesta segunda-feira (7) de uma reunião com representação dos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às Endemias para discutir reivindicações de interesse das categorias. Também participaram da reunião o secretário de saúde Rafael Aires, o adjunto das finanças Léo Veríssimo e o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais Professor Tarcísio.

Havia uma pauta em comum dessas categorias no que diz respeito à implantação da insalubridade, esta última já recebida pelos Agentes de Combate às Endemias no percentual de 20%, e ao incentivo financeiro recebido por ambas as categorias. O assunto foi anteriormente tema de uma reunião da equipe econômica com a Secretaria de Saúde e a gestora do município para tratar da implantação da insalubridade também para os Agentes Comunitários de Saúde, assim como da revisão da Lei do Incentivo.

A insalubridade é regida por Lei específica que determina os percentuais em 5% (cinco), 10% (dez) e 20% (vinte) por cento, conforme avaliação do grau de risco ao qual cada um está exposto nas suas atividades laborais. A partir dessa análise, após determinação da prefeita Eunice, foi determinada a implantação no mesmo percentual de 20% (vinte) por cento de insalubridade para os Agentes Comunitários de Saúde.

Outra deliberação do encontro surgiu após revisão na Lei do Incentivo, que é recebido pelas duas categorias e que foi reajustado em 100% (cem) por cento do valor que eles recebem atualmente. As pautas das categorias sempre foram vistas como legítimas pela gestão e o estudo de impacto financeiro permitiu mais uma vez atender os pleitos dos servidores municipais dentro do planejamento realizado pela prefeitura.

COMPARTILHAR