Após anos com restrições no CAUC, Prefeitura de Mamanguape volta a ficar apta a celebrar convênios com Governo Federal

Prefeita Eunice destaca trabalho do deputado Ricardo Barbosa para retirada de Mamanguape do CAUC.

 

 

Após anos com restrições junto ao Sistema Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias, o CAUC do Governo Federal, a Prefeitura de Mamanguape volta a ficar apta a celebrar convênios com a União. A prefeita Maria Eunice já teve muitos os dispêndios financeiros para parcelar os débitos que chegaram a mais de R$ 70 milhões de dívidas, deixados pelas gestões anteriores. Mamanguape saiu da lista de restrições nos últimos dias quando comprovou adimplência financeira.

A prefeita de Mamanguape, Maria Eunice Pessoa fez destaque ao trabalho do deputado estadual Ricardo Barbosa com muitas idas e vindas à Brasília acompanhado deputado federal Hugo Mota. “Ricardo Barbosa teve um papel fundamental, de forma obstinada e persistente, não medindo esforços para sanar os entraves das dívidas do município e proporcionar que Mamanguape volte a viver uma era de desenvolvimento e melhoria da qualidade vida de nossa gente”, destacou Eunice.

O CAUC é uma espécie de “SPC” das Prefeituras. A falta de quitação com determinadas obrigações e o não cumprimento com os convênios estabelecidos, fazem com que o município entre na lista de devedores e passe a ter restrições para firmar acordos, convênios e ter acesso a recursos do Governo Federal.

“Isso, além de trazer prejuízos para nossa cidade, impedindo que algumas obras e projetos custeados com recursos do Governo Federal pudessem ser executados em Mamanguape, também tinha um efeito negativo de reputação do nosso município. Está entre as prefeituras que não cumprem seus compromissos financeiros é algo vexatório para nossa cidade. Mas, graças a Deus e ao trabalho de nossa equipe, nossa gestão está conseguindo fazer gestão e pagar as dívidas erradas equilibrando nossas finanças”, atestou a prefeita.

COMPARTILHAR